Nesta etapa é hora de revisitar as impressões iniciais e fazer escolhas. 

Vamos eleger os critérios aceitáveis para priorizar as iniciativas e detalhar as ações a serem tomadas. Também é o momento de definir papéis e responsabilidades, prazos e responsáveis.

Nessa etapa, aprofundamos o trabalho de:

  • Prevenção e resolução de disputas/advocacia colaborativa
  • Planejamento sucessório e preparação de herdeiros
  • Reorganização (societária, familiar, empresarial)
  • Definição e/ou revisão da governança familiar e corporativa